PRP – Plasma Rico em Plaquetas

Diminuir a inflamação e a dor, na melhoria e aceleração do processo de cicatrização, no aumento da mobilidade e da funcionalidade articular e muscular.

Atletas são frequentemente tratados com PRP e isto estimulou o conhecimento deste tema pelo público em geral. Inúmeros estudos têm avaliado a eficácia do PRP na diminuição da inflamação e da dor, na melhoria e aceleração do processo de cicatrização, no aumento da mobilidade e da funcionalidade articular e muscular.

Poderá ser aplicado tanto em situações agudas como nas roturas musculares ou ligamentares, acelerando o processo de regeneração e diminuindo assim o tempo de paragem desportiva/laboral, assim como em situações mais crónicas, como na tendinopatia do tendão de Aquiles/quadricípite, epicondilites e mesmo estádios iniciais de osteoartrose.

O Plasma Rico em Plaquetas é um produto derivado do sangue do próprio paciente (autólogo) que é preparado e centrifugado para se obter uma alta concentração de plaquetas (3 a 5 vezes mais) num volume de plasma limitado.

As plaquetas contêm fatores de crescimento e proteínas bioativas que regulam células diferenciadas, modulando o seu crescimento e atividade, permitindo a regeneração dos tecidos. Este tratamento permite concentrar uma grande quantidade de fatores de crescimento junto à lesão. Este preparado é depois administrado ao doente em consulta ou no bloco operatório, com ou sem recurso a ecografia.

Desde 2019, os especialistas de Medicina Física e de Reabilitação ou de Medicina Desportiva da ComCorpus começaram a complementar esta técnica com recurso a equipamento ecográfico, o qual permite acrescentar um novo nível de precisão a esta intervenção.

Principais aplicações do PRP:

  1. Tendinites crónicas (cotovelo, joelho, anca, tornozelo, entre outros locais);
  2. Roturas parciais de tendões (tendão de aquiles, rotuliano, quadricípite, …);
  3. Lesões musculares;
  4. Auxiliar o tratamento de atrasos de consolidação de fraturas (as chamadas pseudoartroses);
  5. Tratamento alternativo intra-articular nas artroses iniciais;
  6. Em cirurgias de reconstrução de tendões e ligamentos;
  7. Como auxiliar ao tratamento das lesões de cartilagem;
  8. Fascite plantar / esporão calcâneo.

Super PRP

O Super PRP é um procedimento que combina, na mesma aplicação, Plasma Rico em Plaquetas (PRP) com Ácido Hialurónico, obtendo-se uma potenciação dos seus efeitos.

Usado exclusivamente na patologia articular.

Se procura tratamentos com aplicações do PRP, entre em contacto com as nossas Clínicas de Fisioterapia em Lisboa.

Especialidades Médicas

Exercício Físico é Medicina Fisioterapia Fisioterapia Geriátrica Ortopedia e Traumatologia Reabilitação Desportiva Medicina Desportiva Recuperação Pós-Cirurgia Ortopédica Hidroterapia Nutrição Clínica e Desportiva Viscossuplementação
PRP – Plasma Rico em Plaquetas
Ácido Hialurónico Mesoterapia TECAR Terapia Avaliação Isocinética Terapia de Ondas de Choque Procedimentos Ecoguiados Eletroterapia Programas Personalizados
Acordos
Fale Connosco

Telefone 214 010 733 *
info@comcorpus.pt
* – Custo de chamada para a rede fixa nacional

PT
PT

A visita ao nosso site implica a concordância com os nossos Termos Legais, incluindo o uso de «cookies».

Ok